Nossa terceira viagem a Mendoza e resolvemos fazer alguns programas diferentes das visitas convencionais.  Algumas visitas são ponto certo e não nos importamos em fazer sempre.  Mas experimentar programas novos, é sempre divertido.

Embarcamos no feriado de novembro para comemorar meu aniversário, fazendo o que mais gostamos: degustar vinhos.

Nosso voo foi de Emirates até Santiago. Pernoitamos próximo do aeroporto e voamos à Mendoza na quinta de manhã cedo pela Tam.

 

O hotel de escolha em Santiago foi o La Quinta Inn. Adorei! Quarto grande, cama super confortável e ainda disponibilizam transfer gratuito ao aeroporto. Tudo perfeito!

Chegamos em Mendoza e nosso transfer já estava nos esperando. Como nós éramos um grupo de 10 pessoas, contratamos um serviço de van com motorista para todos os dias. Custou USD1000 para o grupo por 7 dias. Paco o nome da empresa (+54 9 2634 66 1184).

Saímos do aeroporto e seguimos direto para o Vale do Uco. Tínhamos uma reserva na Zuccardi Piedra Infinita para almoço. Uma parada certa pois amamos o local, os vinhos e o atendimento.

 

 

 

Dessa vez, além do delicioso almoço, tivemos um bate-papo com o enólogo Sebastian Zuccardi.

Seguimos para conhecer o nosso novo projeto no The Vines. Um lugar mágico, onde você pode ser dono do seu vinhedo e fazer seu próprio vinho, além de ser um hotel maravilhoso e de ter um restaurante do Francis Mallman.

 

 

Enfim, fomos para a casa. Como queríamos ficar por 2 noites no Vale do Uco, resolvemos alugar uma casa na região. Nosso amigo Julian (+54 9 261 554-2769) tem vários imóveis para alugar e nos ofereceu essa maravilhosa casa com um  jardim incrível, piscina, 3 suítes e no mesmo terreno, tem outras casas de apoio com algumas outras suítes. Magnífico lugar!

 

Pela manhã fomos à vinícola La Azul.

Se há uma maneira de fazer vinho em seis metros quadrados, La Azul é o exemplo perfeito. Uma pequena boutique de vinhos, onde você pode acompanhar todos os processos em um único local, em um tour personalizado. Ambiente super despojado.

 

Nossa degustação foi no jardim, assim como o almoço. Tudo sensacional. Nosso guia era um amante do vinho, o que deixou a visita deliciosa! Amamos! Almoço estava top! Vinho à vontade. Tudo perfeito!

 

 

Após o almoço retornamos para casa e tivemos uma tarde super agradável, na piscina curtindo um visual MARA.

 

À noite fizemos um assado campeiro, regado a muito vinho e buraco! Noite especial!

Hoje o dia foi de cavalgada. Um passeio nada comum no mundo dos vinhos. Seguimos de carro até uma parte da Cordilheira, onde nossos cavalos estavam nos esperando.

Seguimos até o topo da colina em um passeio pelas Cordilheiras com um lindo visual.

No pico, um lugar incrível.

Tomamos algumas cervejas e descemos em direção ao carro.

Seguimos para nosso almoço. Nino tem um um rancho lindo onde recebe seus convidados e faz um assado campeiro, nosso churrasco.

 

Serve vinhos bem legais. Foi muito divertido. Nino colocou músicas brasileiras para dançarmos, a comida estava muito boa e regado a vinhos top.

 

Foi uma experiência deliciosa e bem diferente. Para quem vai sempre a Mendoza, os passeio costumam ser bem parecidos, então resolvi fazer esse para mudarmos um pouco nossa rotina.

Descemos para nos hospedarmos mais próximo da cidade. Não ficamos no centro, ficamos hospedados em Chacras de Coria. Casa La Galeana era nosso hotel. Super agradável.

Um sítio, com vários espaços em comuns como salas de jogos, saúna, piscina, quartos amplos e uma decoração linda. Super recomendo! Uma experiência diferente do que se hospedar no centro da cidade. No dia em que chegamos, ficamos por lá. Pegamos uma saúna, fizemos um spa, pedimos umas empanadas e pizza e jogamos um buraco, para não perder o costume 🙂

 

Nossa programação para o dia do meu aniversário era a de plantar mudas na vinícola Chakana. Um programa diferente, que nunca havíamos feito e que foi muito divertido.

Fomos recepcionados por Facundo que é o engenheiro agrônomo da Chakana. Como sempre, muito simpático.

Eles já haviam plantado às mudas, mas deixou um espaço reservados para nós plantarmos a nossa. Experiência única! Nos explicou todo o processo e acho que fizemos direitinho. 🙂

Após nossa plantação, seguimos para fazer uma degustação do que ele tem de melhor. Foram muitos vinhos! Top! Amamos a visita.

Fomos almoçar na Casa Vigil. Não chegamos a tempo da visita na vinícola.

Como sempre, o almoço estava delicioso. Comemorei meu aniversário muito bem. Atendimento sempre muito bom, comida muito boa e degustamos deliciosos vinhos. Muito divertido.

 

À noite, ficamos em casa na revanche do buraco.

Último dia de viagem e reservamos algo diferente também para ser feito em Mendoza. Um passeio de bike pelos Olivais da Zuccardi Santa Julia.

Apesar do calor, é muito interessante conhecer sobre algo novo. Eles tem um olival imenso onde passeamos de bike, enquanto nossa guia nos explicava todo o mundo das azeitonas.

Em seguida, nós encontramos com o “catador” de azeite. É como se fosse o enólogo em vinhos. Ele nos mostrou toda à área produtora, nos ensinou o processo por completo e nos levou para uma degustação de azeite.

O azeite é servido em um copo, como se fosse de café. Muito interessante! Você degusta e ele te fala as sensações que você vai sentir. Muito bacana. Confesso que a sensação de engolir o azeite puro, pode ser estranha, mas a experiência foi única.

Almoçamos no restaurante à la carte deles, o Pan Y Oliva. Uma pegada italiana, com massas deliciosas, azeites de todos os tipos top e os vinhos da casa que são maravilhosos. Preço super justo. Adoramos tudo na nossa estadia na Zuccardi Santa Julia.

 

À noite fomos jantar no 1884 Francis Mallman. Uma visita que não podemos deixar de ir. Para mim, o melhor restaurante de Mendoza. Não é barato, mas vale muito a visita. Sentamos no jardim dessa vez, o que foi muito agradável. Comida sempre muito boa, vinhos top e atendimento impecável. Finalizamos nossa viagem com chave de ouro…

 

Seguimos para Santiago, rumo ao Vale do Colchagua…Espero que tenham curtido…até breve